PREVENCOR
Centro de Cardiologia Diagnóstica
Home

                                       

 


CARDIOLOGIA

Cardiologia é o ramo da medicina que estuda o funcionamento, a anatomia e as doenças do coração, das artérias, das veias e, em geral, de todos os componentes do sistema cardiovascular

Sintomas relacionados a lesões de certas partes do coração ou do aparelho circulatório também são examinados pelo cardiologista, seja por meio da ausculta cardíaca, método não-invasivo mais comum, seja pela realização de procedimentos cirúrgicos complexos.

A função básica do sistema cardiovascular é transportar oxigênio e outros nutrientes para as células do corpo, além de remover produtos do metabolismo celular e carregar substâncias de uma parte para outra do corpo.

O funcionamento do coração, além de ser altamente complexo, está sob a influência de outros sistemas do corpo. Algumas doenças ou estados emocionais também aumentam a possibilidade do indivíduo vir a sofrer de complicações cardíacas.
* SBC

 

Fatores de Risco

  • Obesidade: o excesso de peso faz o coração ter que trabalhar mais, o que causa o aumento da pressão. Inclua frutas e verduras no seu dia a dia e evite alimentos gordurosos. Se você precisa emagrecer, consulte um médico para orientá-lo em sua dieta.
  • Diabete: Quem é diabético também tem maiores chances de ser hipertenso, portanto, o controle da diabete e da dieta deve ser rigoroso.
  • Fumo: O cigarro, além de responsável por muitas outras doenças, aumenta os riscos de problemas do coração. Se você tem pressão alta, esses riscos são ainda maiores. Se você fuma, pare de fumar.
  • Colesterol: Ter o nível de colesterol alto, favorece o acúmulo de gordura nas artérias que levam sangue ao coração, aumentando os riscos de infarto.
  • Álcool: Além de dificultar o tratamento, o consumo de bebidas alcoólicas tende a aumentar a pressão arterial.
  • Sal: Consumir sal em excesso (mais de uma colher de chá ao dia) facilita o aumento da pressão arterial. Procure substituí-lo por outros temperos que também dão sabor aos alimentos, mas que são naturais, como orégano, louro, alho, cebola, etc.
  • Estresse: Mesmo que você não fume, não beba, não seja diabético e tenha uma vida saudável, o estresse pode elevar a pressão. Procure não levar tão a sério os problemas e não se irrite à toa. Diversão é importante: reserve sempre um tempo para fazer o que você gosta ou estar com os amigos. Além de ficar mais feliz, você estará cuidando do seu coração.

Alimentos a serem evitados: Enlatados, presunto, salame, mortadela, salsicha, lingüiça, carne de sol, chocolate, chá-mate, maionese e frituras.